Logomarca NCA Comunicação

Jul17

Aguardando na Sala de Exames.

Escrito por Edson Vidal Categorias // Flagrantes do mundo jurídico Lidos 162

E na rotina do semestre aqui estou eu aguardando no salão do Hospital Costantini, para mais um exame do coração. Enfrento novamente o burburinho de pessoas que aguardam a vez de serem chamadas.

É mais divertido do que a sala de espera de consultório médico. Além de ter mais gente, tem televisão e inúmeras atendentes nos seus respectivos guichês, falando alto e prestando atendimento preliminar.

Eu não perco a oportunidade para comentar o que acontece e ouço no ambiente.
- Senha 81! - gritou uma das atendentes.

Uma senhora de idade, acompanhada provavelmente de uma filha, se aproxima do guichê:
- Bom dia.
- Bom dia, a senhora tem seu documento de identidade e a carteirinha da Unimed?

A senhora abre a bolsa e fica procurando os documentos e quando acha, abre um belo sorriso de satisfação.

De outro viés, ouço uma conversa entre marido e mulher, sentados na fileira de poltronas que estão atrás de mim:
- Tua mãe é que é encrenqueira...
- Mas você teima em provocar a velha!
- Eu tinha falado pra ela que o Nelson estava chifrando a Helena, mas ela não se conteve e teve que falar pra sua irmã!
- Pois é agora o “bode” está feito, como vai terminar isto?

Não pude ouvir mais nada porque a enfermeira chamou a mulher para fazer exame. Minha história ficou sem fim.

De repente passou como se estivesse desfilando na passarela, de avental branco, uma jovem médica, imponente e sem dar a mínima para a plateia de mortais. Deixou um rastro de perfume francês, que logo imaginei que foi para homenagear a Seleção da França, campeã mundial de futebol.

Desviei os olhos e arrisquei uma olhadela na TV, lá estava a ex-mulher do Bonner entrevistando meio mundo de ilustres desconhecidos. Programa insosso para um período matinal. Logo voltei minha atenção para o zumbido das conversas, foi quando olhei em direção a uma senhora, que estavam sentadas algumas fileiras na minha frente, e me deu a nítida impressão que era a Dilma de costas. Será? Pensei com meus botões; logo caí na real, claro que não.

Se fosse acho que ela não estaria tão despreocupada aguardando o momento de ser atendida, pois com certeza haveria xingamentos e tumulto.
- “Seu” Edson!

Fui premiado, chegou a minha vez e lá fui eu em direção ao vestiário vestir aquele traje que não tem pé e nem cabeça. Quando vesti, logo me senti um trapo humano, incapaz de raciocinar e reagir a qualquer afronta. Quando vi o médico na minha frente parecia um faraó egípcio, cheio de distintivos bordados na manga do avental e com milhares de diplomas com seu nome em relevo, pendurados na parede.

E de trapo humano me senti um pequeno inseto. Só respondi o que ele me perguntava, com medo de ser censurado. Terminei o exame e com o contraste misturado no meu sangue saí do hospital sem olhar para trás. Ufa, me senti liberto!

Sentado no meu carro, de volta para casa, fiquei imaginando a crônica que escrevi ao talante de minha imaginação e dei risada. Aproveito para pedir perdão aos meus amigos médicos quando teço críticas de mentirinha a respeito de suas nobilitante atividades, pois sei de suas importâncias no trato da saúde em geral.

Faço este gesto de arrego para evitar o que me aconteceu dias atrás, quando meu dentista sorridente e pacientemente me deixou sentar na cadeira de tortura do seu consultório, e quando abri a boca, ele sem nenhuma cerimônia pegou a “maldita” broca, mirou a mesma em direção ao meu dente da frente, franziu o cenho, e disse:
- Muito bem, meu amigo. Quer me explicar antes de tudo, sobre aquela crônica “engraçada” que você escreveu quando eu prestava o meu atendimento profissional?

Tremi de medo e suei, antes dele dar uma gostosa gargalhada! É isto que quero evitar que aconteça, quando algum esculápio me atender futuramente. Prometo que qualquer dia escreverá alguma coisa parecida falando também dos Juízes...

“Gosto de brincar com meus amigos médicos, nossos heróis de cada dia.
Principalmente das mangas de seus jalecos com bordados sobre suas especialidades e a sisudez de seus atendimentos. Mas é tudo brincadeirinha, está bem?”
Edson Vidal Pinto

blog comments powered by Disqus

Blog da Bebel

Ekôa Park inicia programação 2019 com cursos especiais de bioconstrução

Revestimentos naturais e hiperadobe estão entre os conhecimentos que serão oferecidos no Tekôa, com prática na Casa-Viveiro

Leia aqui

Instituição que atende crianças com câncer de todo o Brasil cria aplicativo

Facilidade, rapidez e praticidade para ter acesso a todas as informações sobre a APACN e para realizar doações

Leia aqui

Natal com 70% de desconto promete movimentar Curitiba

Mais uma edição do Bazar Moda do Bem está chegando nos dias 7 e 8 de dezembro

Leia aqui

Flagrantes do Mundo Jurídico

Pato Amarelinho.

Sentado sob o guarda-sol na beira da piscina, no dia útil de trabalho em que as pessoas se dedicam a faina diária com tarefas múltiplas e afazeres às vezes indigestos, eu estou apenas escrevendo esta crônica para matar o tempo.

Leia aqui

Filho Trapalhão.

Colocar filho no mundo sempre foi a aposta dos pais para que no futuro o pequeno rebento se revele cidadão probo e trabalhador. Não importa o sexo da criança, os sonhos acalentados são os mesmos, daí o esmero de carinho, proteção e orientação desde o berço.

Leia aqui

Enfim, Lucidez!

É complicado saber se aquele que trabalha e ama o que faz é ou não reconhecido pelo empregador. Claro, depende do empregador. Tem os que são sensíveis e sabem muito bem avaliar o desempenho de seus empregados a ponto de se esforçar para não perder os que merecem; existem aqueles que dão mais importância ao que os outros pensam para usar seus subalternos de acordo com as conveniências de terceiros; e os patrões que nada pensam e são frios como pedra de gelo. No mundo empresarial existe de tudo um pouco.

Leia aqui

No balcão sem frescura

Italianos e o Churrasco...

Quando criança, íamos passar o final de semana na chácara em São Luiz do Purunã. Me recordo de acordar aos domingos com o sino da igreja soando de maneira extremamente delicada, é algo que até hoje tem um significado

Leia aqui

Festival de Petisco em bares de Curitiba

Os amantes das comidas típicas de bares assim como eu, poderão se deliciar com o 1º Festival de Petisco de Curitiba

Leia aqui

“Típica dos botecos”, carne de onça vira patrimônio de Curitiba

Votação unânime na Câmara de Vereadores, nesta segunda-feira (5), promoveu a carne de onça – “uma comida típica dos botecos” – a patrimônio cultural imaterial de Curitiba (005.00096.2016)

Leia aqui

Mamãe, eu quero!

Férias em Curitiba

Está faltando ideia de programação para as férias? Fizemos um roteirinho para ajudar!

Leia aqui

Bolachas Decoradas de Natal entram na lista de presentes

Uma receita familiar é o início da história das Bolachas Vovó Elza

Leia aqui

Drone Kids School abre cursos de férias em Curitiba

Demonstração será neste sábado, aberta ao público

Leia aqui

E-ticket

Viajar de carro no Brasil

Cada vez mais as road trips são um novo segmento de destaque entre os Brasileiros. O resgate de viajar de carro é poder explorar e conhecer sem pressa os encantos de cada região

Leia aqui

Barreado fora de Morretes!!

Com esses dias frios, nada como comer bem. A dica de hoje é uma tradicional receita do litoral Paranaense: o barreado. Mas nem só em Morretes, podemos degustar essa maravilha e por isso mesmo listamos algumas opções locais imperdíveis

Leia aqui

Chope nas alturas

Sim, a notícia mais comentada da semana no setor de Turismo, depois das Olimpíadas, foi a divulgação da companhia aérea holandesa KLM que a partir de agosto, passará a servir chope de barril em seus voos

Leia aqui

Aplausos

Guairão receberá o Musical "Tommy" baseado na ópera rock do The Who

Versão musical ao vivo do filme, originalmente dirigido por Ken Russel, é montada com talento e sensibilidade. Os ingressos podem ser adquiridos pelo Disk Ingressos

Leia aqui

Peça baseada em texto de Hilda Hilst será encenada em Curitiba

O Caderno Rosa da Senhora H chega ao Novelas Curitibanas em fevereiro

Leia aqui

IL Divo chega em maio no Guairão!

Comemorando 15 anos de carreira grupo vocal de tenores apresenta em Curitiba sua nova turnê Timeless

Leia aqui