Logomarca NCA Comunicação

Jun12

A Lei de Gérson.

Escrito por Edson Vidal Categorias // Flagrantes do mundo jurídico Lidos 263

Hoje, 12 de junho de 2017, segunda feira.

Na última sexta feira o Jornal Nacional exibiu algumas opiniões de profissionais da área do Direito, acerca da postura que teve Gilmar Mendes quando proferiu o voto de desempate em favor da Chapa Dilma/Temer. Com exceção do advogado Veloso, ex-ministro do STF, todos criticaram o voto político do Presidente do transfigurado TSE. É sobre a opinião do citado causídico que derramou elogios e destacou os arroubos e a independência funcional de Gilmar, que escrevo esta crônica.

Nada contra o fato do livre direito de opinião que todas as pessoas têm, porque vivemos numa democracia e a divergência modula as relações interpessoais. Quero me referir à natureza humana. Como observador crítico do cotidiano atentou para dois aspectos ocorridos em uma posse de Presidente do TSE, do qual participei porque estava na Presidência do TRE do Paraná.

A primeira porque o cerimonial colocou em destaque uma cadeira isolada, na frente da bancada dos Ministros da Corte e antes das poltronas destinadas ao público, onde se sentou com todas as pompas José Sarney, ex-presidente da República. E a segunda que foram reservadas as duas primeiras filas destinadas ao público presente para serem ocupadas por Ministros e ex-ministros das Cortes Superiores, dentre estes últimos à maioria militando na advocacia.

Sem razão o destaque dado há um ex-presidente da República, posto que o cargo por ser eletivo se extinguisse com o término do mandato. Quando muito como respeitosa homenagem um lugar dentre as demais autoridades que se encontravam no plenário da sessão. E quanto aos ex-ministros inscritos na OAB, portanto em plena atividade da advocacia, não deveriam sentar junto com os ex-colegas porquanto o Presidente da OAB os estava representando na mesa de honra.

Evitaria uma relação diferenciada com seus demais colegas de beca. Tudo porque o livre trânsito do ex-magistrado que advoga, nas dependências dos fóruns e dos Tribunais, cessa quando deixou a carreira da Magistratura para pertencer à outra. E no caso do advogado Veloso, ex-ministro do STF? Ele aproveitou da entrevista e teceram loas a atuação firme e independente do Gilmar por pura conveniência, vez que como advogado defende um seu cliente na ação da Lava Jato!

E como Ministro do STF ele teve atuação discreta e primou pelo bom senso. Mudou ao que parece de postura porque desvestiu a Toga e passou a defender interesses de seus clientes. Ele deveria ter se reservado para não opinar. Outro sim não parece salutar o livre trânsito de ex-Magistrado que advoga com os Magistrados da ativa, nas dependências do Tribunal e espaços reservados a estes e demais autoridades, sem prejuízo da amizade, respeito e companheirismo nascido no ambiente de trabalho.

Porque a natureza humana não é igual para todos e nem o freio inibitório para fazer prevalecer bom senso. Com certeza nem todos os colegas que hoje advogam necessitam desta carapuça porque sabem muito se auto valorizar e dignificar a nova profissão.

Afinal a Advocacia é uma atividade nobre que exige isonomia de tratamento entre seus pares, bem como entre estes e os Julgadores, para que as partes que litigam em Juízo não sejam prejudicadas e nem favorecidas por amizades e elogios duvidosos.

Tal como fez o advogado Veloso ao seu ex-colega de Toga, com intenção premeditada para beneficiar seu cliente em futuro julgamento no STF. Pois ficaram as escâncaras a postura desastrosa e política do oportunista Gilmar em favorecer a Chapa vencedora.

Elogiar o que? Parece que muita coisa tem que ser passada a limpo em nosso país. Tudo porque o ser humano a cada dia que passa parece que está perdendo a noção do que é certo e errado, aproveitando todos os momentos para tirar proveito de acordo com as próprias conveniências...

blog comments powered by Disqus

Flagrantes do Mundo Jurídico

Sentindo o Cheiro do Bem Bom!

Claro que ninguém gosta de assistir na TV o horário reservado aos Partidos Políticos, mas prestando um pouco de atenção, não no que falam, mas nas figuras carimbadas que aparecem no vídeo, parece que o tempo parou. São as mesmas e enfadonhas pessoas que fazem da política profissão.

Leia aqui

Parafuso de Vidro.

É espantoso como o Brasil sobrevive mesmo arrasado pela corrupção de seus homens públicos. Para qualquer lado que for o nariz se sente o cheiro virulento do pior governo de sua história. Apesar disto tudo, expressiva maioria do povo continua na sua luta do dia a dia, lutando pela comida, trabalho e protegendo a família.

Leia aqui

Rua José de Alencar

Lá vou eu novamente pinçar no baú de minhas recordações, um personagem de minha infância que nunca esqueci. Na antiga revista “O Cruzeiro” de Assis Chateaubriand, em cada edição tinha uma página inteira que levava o título de “Meu Personagem Favorito”, onde o articulista contava história pitoresca de alguém muito importante na época. Em cada nova publicação aparecia um nome diferente. Desde já me penitencio por não lembrar o nome do jornalista responsável.

Leia aqui

No balcão sem frescura

Italianos e o Churrasco...

Quando criança, íamos passar o final de semana na chácara em São Luiz do Purunã. Me recordo de acordar aos domingos com o sino da igreja soando de maneira extremamente delicada, é algo que até hoje tem um significado

Leia aqui

Festival de Petisco em bares de Curitiba

Os amantes das comidas típicas de bares assim como eu, poderão se deliciar com o 1º Festival de Petisco de Curitiba

Leia aqui

“Típica dos botecos”, carne de onça vira patrimônio de Curitiba

Votação unânime na Câmara de Vereadores, nesta segunda-feira (5), promoveu a carne de onça – “uma comida típica dos botecos” – a patrimônio cultural imaterial de Curitiba (005.00096.2016)

Leia aqui

Mamãe, eu quero!

Dia das Crianças: roteiro do Mamãe eu Quero Curitiba

Vai ficar em Curitiba no feriado? Tem atração em todos os cantos da cidade para curtir com os pequenos. Confira o roteiro com algumas delas:

Leia aqui

Óculos de realidade virtual ajuda a distrair crianças no exame de sangue

Quando chega a hora de dar vacina ou fazer exame de laboratório é aquele estresse! Tanto por parte dos pais, como das crianças. Para ajudar as famílias, a Unidade Batel do Laboratório Frischmann Aisengart agora conta com uma novidade: além das áreas exclusivas para o atendimento infantil, um óculos de realidade virtual passa a ser utilizado para deixar esse momento mais lúdico e menos traumático

Leia aqui

Atrações para as crianças no feriado da Independência

O Mamãe eu quero separou algumas atividades que estão rolando em Curitiba para quem vai passar o feriado na cidade!

Leia aqui

E-ticket

Viajar de carro no Brasil

Cada vez mais as road trips são um novo segmento de destaque entre os Brasileiros. O resgate de viajar de carro é poder explorar e conhecer sem pressa os encantos de cada região

Leia aqui

Barreado fora de Morretes!!

Com esses dias frios, nada como comer bem. A dica de hoje é uma tradicional receita do litoral Paranaense: o barreado. Mas nem só em Morretes, podemos degustar essa maravilha e por isso mesmo listamos algumas opções locais imperdíveis

Leia aqui

Chope nas alturas

Sim, a notícia mais comentada da semana no setor de Turismo, depois das Olimpíadas, foi a divulgação da companhia aérea holandesa KLM que a partir de agosto, passará a servir chope de barril em seus voos

Leia aqui

Aplausos

Caixa Cultural traz a Curitiba a sambista Adriana Moreira

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, no dia 17 de outubro, dentro do projeto Samba de Bamba, o show da cantora Adriana Moreira

Leia aqui

Uma História de Amor no Guairão

O romantismo e a beleza da música italiana de volta ao Brasil

Leia aqui

Balé Teatro Guaíra estreia espetáculo internacional em Curitiba

Após apresentações no Guairão em novembro, a montagem segue por turnê pela Alemanha

Leia aqui