Logomarca NCA Comunicação

Dez06

Viajando e Aprendendo.

Escrito por Edson Vidal Categorias // Flagrantes do mundo jurídico Lidos 18

Hoje, 06 de dezembro de 2.017, quarta-feira.

Viajar para lugares deferentes é o melhor investimento para adquirir conhecimentos; não importa se é dentro ou fora do país. Pena que os custos são elevados e as viagens aéreas cada vez mais cansativas. Viajar dentro do território nacional está mais caro e perigoso do que percorrer a pé a região do oriente médio.

Nossas belas cidades estão a mercê de bandidos e políticos de alta periculosidade; o Rio de Janeiro por exemplo, de há muito deixou de ser roteiro obrigatório das férias daqueles que gostam de rever a mais maravilhosa cidade do mundo.

O Rio perdeu seu encanto, o povo perdeu sua graça, apesar do mar e os morros serem os mesmos. O postal da cidade continua lindo, o medo é que entristeceu o ambiente. Saiu o som festivo dos pandeiros para dar lugar aos estampidos das armas de fogo. Pobre Rio visitá-lo nunca mais. E viajar para as cidades do norte e do nordeste para usufruir da beleza natural das suas praias é exageradamente caro, além de perigoso. Lá ao invés de explorarem o turismo é o turista que é explorado. À violência também está presente. O mesmo ocorre no sul do país. Viajar pelo Brasil passou a ser sinônimo de aventura. Sinal dos tempos e reflexo dos desgovernos.

Mesmo assim os aviões estão lotados de gente indo para todos os cantos, não importa o custo e o péssimo tratamento dispensado pelas companhias aéreas, afinal vivemos num país varonil, onde se dá jeito para tudo. Não temos inflação, nem turbulências, muito menos preocupações, porque vivemos em um país próspero e repleto de oportunidades. Pelo menos é esta a impressão que se tem quando nos encontramos no hall dos nossos aeroportos e rodoviárias.

Não sei por que fiz um preâmbulo tão grande para contar sobre uma curiosidade que lembrei em uma das minhas viagens pelo nordeste do país. Acho que fui traído pelo atual palco de violência e medo em que estamos metidos, por culpa do mau gerenciamento das áreas de Segurança Pública em todo país.

E infelizmente o Paraná não é exceção. Pois, bem. Foi lá em João Pessoa, no pequeno estado da Paraíba, quando fiquei hospedado no Hotel Tropical, uma construção com a forma do estádio do Maracanã, localizado à beira mar, onde na parte do meio estão localizadas as piscinas e restaurantes, que quis saber o porquê da mulher paraibana ser alcunhada de “mulher macha”. Pelo menos é o que diz o trecho de tradicional música do nosso folclore.

E foi uma professora de História, que conheci casualmente em uma loja do centro da cidade, que acabou com minha curiosidade:
- A expressão “mulher macha” nada tem a ver com a mulher paraibana, que é de porte pequeno, meiga e sabe muito bem enfrentar as dificuldades da seca.
- Mesmo?
- Sim. A referência “mulher macha” é por causa do Rio Paraíba, o principal rio do Estado e que banha a capital. Note que a palavra “rio” é masculino - rio de Janeiro, rio Amazonas, rio Grande do Norte, rio Paraná, rio Grande do Sul etc., etc., etc. - e só o rio Paraíba “tornou-se” feminino quando o Estado foi batizado: Estado “da” Paraíba!
- Entendi...
- É por isso (concluiu a professora) que dizemos:
“Paraíba masculina, mulher macho, sim senhor!” Defendendo a “masculinidade” do nosso Rio Paraíba!

Fiquei satisfeito com a explicação. E você, não?

“Viagem de lazer é sempre prazerosa e a melhor maneira de adquirir conhecimentos. Pena que viajar no Brasil é uma aventura sujeita a toda sorte de perigo e exploração!”
Edson Vidal Pinto

blog comments powered by Disqus

Blog da Bebel

Bazar Solidário em prol de instituições carentes

Evento acontece na sede do CEEFA

Leia aqui

Pizzas customizadas da Oven chegam ao Shopping Estação

É a sexta unidade em Curitiba da rede que tem se tornado referência em “fast casual”

Leia aqui

Natal Solidário tem alegria e distribuição de presentes

A segunda-feira, 04, foi de alegria no Salão Verde do Clube Curitibano, que recebeu 80 crianças de instituições de caridade e casas lares de Curitiba para a festa Natal Curitibano Solidário

Leia aqui

Flagrantes do Mundo Jurídico

Viajando e Aprendendo.

Viajar para lugares deferentes é o melhor investimento para adquirir conhecimentos; não importa se é dentro ou fora do país. Pena que os custos são elevados e as viagens aéreas cada vez mais cansativas. Viajar dentro do território nacional está mais caro e perigoso do que percorrer a pé a região do oriente médio.

Leia aqui

A Revista Veja.

Parece notória contradição o que vou escrever: acredito muito pouco nas reportagens escritas pelos jornalistas da “Revista Veja”, mas teimosamente sou um de seus assinantes. Foi lá pelos idos de 1.976, quando eu morava na cidade de Umuarama, que o então Prefeito Municipal da época foi denunciado por ter autorizado o uso de maquinário pesado do Município, para permitir que em uma fazenda particular, de município vizinho, fosse feita a terraplenagem de terreno para pouso de pequenas aeronaves.

Leia aqui

Reforma da Previdência.

Sei que falar sobre previdência é um tema indigesto para um domingo de descanso. Como não sou experto do assunto, vai me limitar em fazer comentários para tatear no escuro o que aconteceu, pelo menos quanto a minha contribuição mensal para poder usufruir da integralidade de meus proventos de aposentadoria.

Leia aqui

No balcão sem frescura

Italianos e o Churrasco...

Quando criança, íamos passar o final de semana na chácara em São Luiz do Purunã. Me recordo de acordar aos domingos com o sino da igreja soando de maneira extremamente delicada, é algo que até hoje tem um significado

Leia aqui

Festival de Petisco em bares de Curitiba

Os amantes das comidas típicas de bares assim como eu, poderão se deliciar com o 1º Festival de Petisco de Curitiba

Leia aqui

“Típica dos botecos”, carne de onça vira patrimônio de Curitiba

Votação unânime na Câmara de Vereadores, nesta segunda-feira (5), promoveu a carne de onça – “uma comida típica dos botecos” – a patrimônio cultural imaterial de Curitiba (005.00096.2016)

Leia aqui

Mamãe, eu quero!

Oficinas de Natal nos finais de semana

Crianças vão aprender a montar árvore e presépio com palitos de picolé, máscaras divertidas, Papai Noel de madeira e anjinhos no Cone de Linha

Leia aqui

Feira Cute Cute será neste final de semana em Curitiba

Vestuário, acessórios, produtos de beleza e de cuidados para mães e bebês, além de atrações culturais, são destaques do evento que acontece pela primeira vez na capital paranaense

Leia aqui

Fim de semana tem Alice no País das Maravilhas no teatro

Apresentações acontecem nos dias 11 e 12 de novembro, às 16h, no Teatro Bom Jesus

Leia aqui

E-ticket

Viajar de carro no Brasil

Cada vez mais as road trips são um novo segmento de destaque entre os Brasileiros. O resgate de viajar de carro é poder explorar e conhecer sem pressa os encantos de cada região

Leia aqui

Barreado fora de Morretes!!

Com esses dias frios, nada como comer bem. A dica de hoje é uma tradicional receita do litoral Paranaense: o barreado. Mas nem só em Morretes, podemos degustar essa maravilha e por isso mesmo listamos algumas opções locais imperdíveis

Leia aqui

Chope nas alturas

Sim, a notícia mais comentada da semana no setor de Turismo, depois das Olimpíadas, foi a divulgação da companhia aérea holandesa KLM que a partir de agosto, passará a servir chope de barril em seus voos

Leia aqui

Aplausos

Finalista de Prêmio Arte Paraná faz sucesso em apresentação de dança de hip hop

O grupo "Flow Zikas" faz mais uma exibição no DETRAN/PR, dia 17 de dezembro, com entrada franca

Leia aqui

Festival de Teatro Musical traz a Curitiba adaptação de espetáculo da Broadway

"A Chorus Line" será apresentado nesta quinta-feira às 20 horas, no Teatro Regina Vogue

Leia aqui

"Clube dos corações partidos" estreia no Festival de Teatro Musical Projeto Broadway

Apresentação do musical será nesta terça-feira, no Teatro Regina Vogue, em Curitiba, às 20 horas

Leia aqui